Pôr do Sol Recife Pernambuco - Brasil agosto de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

sábado, 15 de junho de 2013

Parada do Lírio - 12 de outubro de 1964


Parada do Lírio, evento realizado no dia 12 de outubro de 1964 (Dia da Criança), numa iniciativa da Associação Pernambucana de Reabilitação da Criança Defeituosa (APRCD), instituição já extinta, criada pelo Prof. Ruy Neves Baptista (fundador do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE), nos moldes da AACD de São Paulo. 

Nas fotos (reproduções de arquivo), estudantes de Fisioterapia  do Instituto Universitário de Reabilitação da UFPE, participantes da Parada, desfilam nas ruas centrais da Cidade do Recife. 

Nos anos 60 do século passado, o Estado de Pernambuco sofria um surto de Poliomielite, quando os poucos Fisioterapeutas formados e estudantes da especialidade foram convocados para que atuassem no combate às sequelas da "Paralisia Infantil". Somente anos depois teve início o esforço concentrado do Ministério da Saúde para vacinar em todo o País, as crianças de seis meses a menores de cinco anos. 

As sequelas da "Paralisia Infantil" e o seu tratamento, somente são conhecidas pelos atuais Fisioterapeutas brasileiros por meio da literatura especializada; embora a doença esteja ativa em alguns países africanos, com risco de reintrodução no Brasil. Daí a importância das campanhas anuais de vacinação.

Segundo informe da Agência Brasil em 14/06/2013, na atual campanha de imunização (a 34ª Campanha Nacional) levada a efeito pelo Ministério da Saúde, que segue até o dia 21 de junho, "Mais de 8 milhões de crianças foram imunizadas contra a poliomielite (paralisia infantil)"; ainda em conformidade com a matéria  citada, "O último caso de poliomielite registrado no Brasil foi há 24 anos e, desde 1994, o país mantém o certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde de erradicação da poliomielite".
Fotos: reprodução do acervo pessoal/Arquivo Blog 14-F FISIOTERAPIA
* Clique nas fotos para ampliá-las,

BLOG 14-F FISIOTERAPIA. UM BLOG AMIGO DA SAÚDE
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário