Pôr do Sol Recife Pernambuco - Brasil agosto de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

segunda-feira, 26 de julho de 2010

DEUSES GREGOS

A Mitologia greco-romana é a narrativa dos fatos - sempre fabulosos - ocorridos na Antiguidade, envolvendo deuses, semideuses e heróis. Para a Fisioterapia dois personagens mitológicos são importantes: Esculápio e Vulcano, cujos nomes latinos possuem correspondentes gregos Asclépio e Hefestos. O primeiro é o deus da Medicina e da cura, venerado em templos onde eram utilizados como meio de tratamento métodos naturais, incluindo os exercícios físicos (Cinesioterapia) e a água em aplicações externas (Hidroterapia), além da equitação terapêutica (Equoterapia), cuja prescrição, segundo Galeno, é do próprio deus Esculápio, visando restaurar a saúde, principalmente de guerreiros acidentados.

Recebendo por herança esse patrimônio, aos Fisioterapeutas cabe a denominação de “Legítimos herdeiros de Esculápio”.

Quanto a Vulcano, representa a Pessoa com Deficiência devido ao seu andar claudicante; é  conhecido como pertencente à categoria Dii majorum gentium, ou seja, ao mais alto grau na classificação romana dos deuses, composta pelas doze divindades olímpicas, sendo filho de Juno e Júpiter. Inicialmente Vulcano era venerado como deus do raio, logo transformando-se em deus do fogo, tornando-se assim útil aos homens, pois o fogo possibilitou o trabalho com os metais; decorrendo daí os avanços da técnica e da ciência.




Blog 14-F um olhar diferenciado sobre a Fisioterapia

Um comentário:

  1. Nota do Editor: agradeço o comentário via e-mail do Ivan Barbosa em 01/08/2010., referente a postagem Deuses Gregos

    ResponderExcluir