Pôr do Sol Recife Pernambuco - Brasil agosto de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

terça-feira, 24 de junho de 2014

É São João! - Evite queimaduras

"A fogueira tá queimando, em homenagem a São João. O forró já começou..."

A fogueira de São João no Nordeste brasileiro está ligada a tradições de países europeus que prestam homenagem ao Santo  no dia 24 de junho. Um  evento de origem  pagã que comemorava a chegada do solstício de verão no Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul, a data foi associada ao solstício de inverno. 

 Na tradição católica, a fogueira surgiu na noite do nascimento do santo. Para comemorar, Isabel, mãe do recém-nascido, mandou acender uma fogueira numa montanha da Judeia para anunciar ao mundo a chegada do filho. Por outro lado, estudiosos do assunto dizem que o costume foi introduzido pelos cristãos primitivos, os quais acendiam fogueiras na festa de São João,  lembrando o anunciador da vinda do Cristo: "Esse Agnus Dei".¹

Diante da tradição religiosa e cultural, fica difícil abordar a questão do ponto de vista estritamente científico e profissional, ou seja, a questão da prevenção de acidentes e da promoção à saúde. É inequivoco afirmar: com fogo não se brinca! Daí se vê aumentar significativamente o número de queimados no ciclo junino, principalmente no Nordeste, onde as festas incluem fogos de artifício e fogueiras.
 
Responsáveis por levar aos serviços de urgência e emergência, adultos e principalmente crianças, fogos de artifício e fogueiras, podem ter utilização controlada e supervisionada no que diz respeito às crianças, sem prejuizo à tradição, em benefício da saúde pública.

A Fisioterapia conta com uma área de atuação especializada no atendimento e assistência a queimados. Para saber mais, acesse os links:

Nenhum comentário:

Postar um comentário