Setúbal - Recife Pernambuco - Brasil maio de 2017 Foto
Alexandre Costa

sábado, 3 de maio de 2014

Confederação Mundial de Fisioterapia participa de campanha da Cruz Vermelha Internacional


A Confederação Mundial de Fisioterapia (WCPT), por intermédio de sua secretaria geral, assinou um memorando de entendimento com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), concordando que as duas organizações trabalhem em conjunto, visando combater a violência contra  pacientes e profissionais de saúde.

A WCPT  inscreveu-se como parceira oficial, por quatro anos, no projeto "Cuidados de Saúde em Perigo".  Trabalhando conjuntamente para enfrentar ameaças terroristas aos serviços de saúde, em face da violência armada e outras emergências. Pelo acordo, a WCPT cuidará da promoção e informará sobre o projeto, enquanto o Comitê Internacional da Cruz Vermelha envolverá a WCPT nas atividades do projeto.


" A WCPT  está orgulhosa por ser participante do movimento inicial de sensibilização para esse tema", disse Brenda Myers,  secretária-geral da Confederação, que assinou o memorando na sede do CICV em Genebra. "É difícil pensar que as pessoas que procuram ajudar feridos e deficientes, em conflitos e situações de emergência, sejam vítimas muitas vezes desse ataques. No entanto, a violência contra profissionais de saúde ainda não é muito bem reconhecida". 

 "Um estudo do CICV publicado no início deste ano registrou mais de 1.800 incidentes violentos que afetaram  pacientes , profissionais de saúde, instalações e o transporte, em 2012 e 2013 . O estudo documentou  incidentes violentos que afetaram a prestação de cuidados de saúde em 23 países, incluindo a interrupção de serviços hospitalares e violência sexual contra o pessoal de saúde". "A WCPT pode ajudar a aumentar a conscientização ", disse Brenda Myers. " É significativo que os Fisioterapeutas que trabalham no Canadá , por exemplo, reconheçam que  seus colegas em outro país podem enfrentar situações de violência  diariamente. Trata-se de unir a comunidade para discutir o problema que afeta esses profissionais. " "Como  organização internacional que representa os Fisioterapeutas , é significativo que a WCPT acrescente a voz da profissão aos protestos  de outras profissões de saúde . "

Outras organizações que se inscreveram no projeto  "Cuidados de Saúde em Perigo" incluem a Associação Médica Mundial e o Conselho Internacional dos Enfermeiros. Pierre Gentile,  Chefe de Atenção à Saúde em Perigo, disse que a parceria com a WCPT foi importante, porque o projeto queria envolver todos os profissionais de saúde afetados pela violência , tornando o processo compartilhado de boas práticas , encontrando maneiras de melhorar a segurança nos locais de trabalho, colocando a questão na agenda internacional. "A violência contra os cuidados de saúde não é apenas sobre os médicos e enfermeiros ", disse ele. " E conclui: "Ela afeta uma ampla gama de profissionais de saúde que estão lá fora,  em conflitos armados. Fisioterapeutas  têm um papel importante a longo prazo nos sistemas de saúde dos países,  e  podem não ser  capazes de executar seu dever por falta de segurança, podendo afetar  profundamente a vida e o bem-estar de muitos pacientes em todo o mundo. "

FONTE: WCPT  
 http://www.wcpt.org/node/105489

BLOG 14-F FISIOTERAPIA. UM BLOG AMIGO DA SAÚDE. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário