A Cidade do Recife, ao fundo, vista de Olinda - junho de 2018 Foto GB/Arquivo Blog 14F

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Notas Avulsas - 9


 - Homenageando Lynda Woodruff


 Conheci Lynda Woodruff  (1947 - 2018)  quando da sua estada em Recife pelo intercâmbio do Comitê Pernambuco/Georgia com Partners of Americas. Ela veio da Georgia State University ministrar cursos para os Fisioterapeutas pernambucanos em 1980 e causou  impacto amplo e profundo na profissão









- Dia Mundial da Fisioterapia 2018

A Confederação Mundial de Fisioterapia WCPT iniciou os trabalhos coletando materiais para o Dia Mundial da Fisioterapia deste ano. A mensagem será focada no papel da Fisioterapia na saúde mental.

A WCPT mantém  estreita colaboração com o subgrupo da entidade, a Organização Internacional de Fisioterapeutas em Saúde Mental (IOPTMH), para produzir os materiais.

O kit de ferramentas deste ano estará disponível para download no site da Confederação em junho.

- Projeto SUDA

 A WCPT comemora o sucesso do projeto SUDA após reunião no Capitólio em Washington (USA).
 
A Presidente Emma Stokes e o CEO Jonathon Kruger, juntamente com os líderes da Associação Americana de Fisioterapia (APTA), reuniram-se na semana passada com representantes do Leahy War Victims Fund. O programa especial da USAID, financiou o projeto SUDA permitindo à WCPT fortalecer a profissão de Fisioterapeuta na África Ocidental. O projeto reforçou as Associações de Fisioterapia no Mali, Níger e Senegal  melhorando a qualidade e os padrões dos programas de educação do Fisioterapeuta, estabelecendo um modelo de capacitação que pode ser transferido para outros países com poucos recursos.


 Ocorrendo no Capitol Hill, Washington, a reunião deu a WCPT a oportunidade de agradecer in loco  pelo subsídio de US $ 1,2 milhão, além de propor ideias para expandir ou replicar o projeto em outros países.

Leia a história completa:  www.wcpt.org/news/success-suda-project-april18


- Dor Lombar 

Em abril deste ano, a WCPT publicou um artigo mostrando como os Fisioterapeutas estão  atendendo ao chamado para desenvolver mais tratamentos baseados em evidências sobre dor lombar, afirmando que os pacientes obtêm melhores resultados quando são orientados por conselhos que possibilitam estilos de vida ativos, em vez de tratamentos ineficazes de alto custo e muitas vezes prejudiciais ao paciente. A Fisioterapia como abordagem de primeira linha conservadora baseada em exercícios e conselhos sobre a postura corporal mais adequada ao paciente, bem como a prescrição moderada de analgésicos não opióides apresentam-se como a melhor opção de tratamento.


Um estudo importante sobre lombalgia resultou em pedidos para impedir práticas de tratamento prejudiciais e um reconhecimento mundial da deficiência decorrente da condição. A série de artigos, publicada na revista The Lancet, pede que a profissão médica pare com tratamentos ineficazes e potencialmente prejudiciais, como a prescrição de drogas fortes e opiáceos, injeções e cirurgias desnecessárias.

Leia o artigo completo acessando: www.wcpt.org/news/low-back-pain-april2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário