Parque da Jaqueira Recife Pernambuco - Brasil dezembro de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

sábado, 7 de maio de 2011

Interdisciplinaridade

Para adquirir características próprias como profissional de saúde, no sentido da comunicação social e da relação interpessoal aí implícita, na busca do reconhecimento pela sociedade, bem como da autonomia; o Fisioterapeuta necessita ter conhecimento e consciência, ou melhor, ter compreensão da própria existência histórica, como herdeiro legítimo que é, de Esculápio, deus greco-latino da medicina e da cura, início da interdisciplinaridade com a medicina. O saber científico aproxima as duas disciplinas, Fisioterapia e Medicina, no que é comum às duas.

O processo histórico da Fisioterapia é, portanto, de longa data. Passando pelas milenares culturas chinesa e hindu e pela sua assimilação no ocidente; até chegar num tempo em que os Fisioterapeutas, ainda sem essa denominação profissional, eram tidos como técnicos em fisioterapia na função de "auxiliares médicos" e chamados ainda de "paramédicos"; para, após extenuantes lutas políticas atingirem a posição de profissionais plenos da área da saúde. Isso, com o advento do Decreto-Lei 939, de 13 de outubro de 1969 e da Lei 6.316, de 17 de dezembro de 1975, ocasião em que receberam oficialmente a titulação de nível superior.


Desse modo, é que o Fisioterapeuta, conhecedor do processo histórico da sua profissão e da sua condição humana e social, pode apropriar-se de um discurso tal, em que possa tornar-se sujeito desse discurso, na comunicação verbal com outros profissionais, demarcando pela linguagem o seu território de atuação. Ter discurso próprio significa transitar pela interdisciplinaridade, buscando saber mais sobre as diferentes áreas do conhecimento que tem relação mútua e se articulam, seja na área da saúde ou nas ciências sociais.

Segundo Piaget, " a interdisciplinaridade seria uma forma de se chegar à transdisciplinaridade. A interdisciplinaridade considera um diálogo entre as disciplinas, porém continua estruturada nas esferas da disciplinaridade. A transdisciplinaridade, por sua vez, alcançaria um estágio onde não haveria mais fronteiras entre as disciplinas e se consideraria outras fontes e níveis de conhecimento".


Atualizada em 11/06/2015


BLOG 14-F FISIOTERAPIA UM BLOG AMIGO DA SAÚDE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário