Pôr do Sol Recife Pernambuco - Brasil agosto de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

domingo, 20 de fevereiro de 2011

A razão do Piso Salarial

A razão, para Heráclito (536-457 a.C.), é o juiz da verdade. Único instrumento para o conhecimento da verdade digno de fé. Tratando-se do Piso Salarial para os Fisioterapeutas, a razão da sua necessidade é que, se aprovado no Congresso Nacional, como se espera, trará dignidade e reconhecimento para a categoria. No âmbito da classe comenta-se sobre a urgência de um piso; recentemente o Deputado Mauro Nazif solicitou o desarquivamento do Projeto de Lei Nº 5979/2009, arquivado por força do Regimento Interno da Câmara dos Deputados, no que foi atendido. Veja no link: http://www.camara.gov.br/sileg/Prop_Detalhe.asp?id=491478.

A atitude do ilustre Deputado, diga-se de passagem, louvável, reflete o interesse daquela Casa em conferir aos Fisioterapeutas condições dignas ao exercício da profissão. Somente isso, porém, não é suficiente. Para a aprovação do Projeto de Lei, faz-se necessária e urgente a mobilização da categoria e, principalmente do esforço concentrado dos órgãos de classe nesse sentido. As manifestações de apoio vindas dos profissionais da área ainda são tímidas, incipientes mesmo. Contamos com uma página denominada Piso Salarial na REDEFISIO http://www.redefisio.com.br/ e no TWITTER http://twitter.com/ a Campanha #PISOFISIOJA, com a participação de ainda poucos companheiros, quando precisamos de milhares de adesões. Falta o pronunciamento público das entidades de classe como os Conselhos Regionais e Federal, bem como dos Sindicatos e da FENAFITO, além das Sociedades Científicas, a favor do PISO SALARIAL, nessa fase pós desarquivamento do PL. Cabe lembrar que o Código de Ética Profissional define como direito do Fisioterapeuta, uma justa remuneração por seus serviços profissionais. Vamos à luta! Unidos venceremos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário