Pôr do Sol Recife Pernambuco - Brasil agosto de 2017 Foto GB/Arquivo Blog 14F

sábado, 8 de novembro de 2014

Ministério da Saúde começa campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil





Atenção mamães, papais e responsáveis! Hoje, 08 de novembro, começa a campanha para manter a erradicação da poliomielite e garantir a eliminação do sarampo no Brasil. Crianças de seis meses até menores de cinco anos devem ser vacinadas contra a poliomielite. Já a vacina tríplice viral, destinada à vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola, será aplicada em crianças de um ano a menores de cinco anos. A campanha vai até o dia 28 de novembro.

A vacinação está sendo realizada nos postos fixos e volantes do Sistema Único de Saúde (SUS) espalhados por todo o país. O Ministério da Saúde recomenda buscar o mais próximo de sua residência.

A expectativa é vacinar mais de 12,7 milhões de crianças. Cerca de 17,8 milhões de doses da vacina oral poliomielite (VOP), vacina em gotas que será utilizada prioritariamente, serão distribuídas. Para as crianças acima de seis meses que estão com esquema vacinal atrasado, é recomendada às Coordenações Estaduais de Imunizações a disponibilização da vacina inativada poliomielite (VIP), que é injetável.

A advogada Priscila Larissa de Morais Figuerêdo vai levar a filha Marina Figuerêdo Araújo, de 1 ano e 8 meses, para tomar as vacinas na Asa Norte, no Distrito Federal. “Apesar da poliomielite ter sido erradicada no Brasil, acho muito importante vacinar a minha filha e mantê-la sempre protegida. A poliomielite é uma doença grave, de fácil transmissão e que traz sequelas irreversíveis. Considero muito importante manter todas as vacinas em dia, principalmente porque viajamos bastante e acabamos tendo contato com pessoas de todas as partes do mundo”, explica a mãe.

Poliomielite - Em março de 1989 foi notificado o último isolamento no Brasil do poliovírus selvagem, responsável pela paralisia infantil, no município de Souza, na Paraíba. Considera-se que há risco de introdução do poliovírus selvagem no país, dada a possibilidade de importação de casos provenientes de países endêmicos, dos que restabeleceram a transmissão, ou pela ocorrência de surtos devido à circulação do poliovírus derivado vacinal (PVDV) em áreas com baixas e heterogêneas coberturas com a vacina oral poliomielite.

Sarampo - O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. Os últimos casos de contágio de sarampo entre pessoas da mesma região no Brasil ocorreram em 2000 e, desde então, os casos registrados foram importados ou relacionados à importação. Em 2013 e 2014, foram registrados casos importados no país, com concentração em Pernambuco e Ceará. No mundo, em 2014, foram registrados 160 mil casos da doença e, com o fluxo de turismo e comércio entre os países, o risco de contaminação se eleva.

Calendário vacinal em suas mãos - O Ministério da Saúde acaba de atualizar o aplicativo Vacinação em Dia para tablets e smartphones lançado em 2013. A ferramenta é uma forma fácil, moderna e ágil de acompanhar o calendário vacinal. Na nova versão estão disponíveis todas as vacinas ofertadas pelo SUS e o usuário poderá cadastrar até 10 carteiras de vacinação. A partir da inserção da primeira vacina no calendário, o aplicativo calcula quando o usuário deve comparecer novamente para uma nova imunização e envia um lembrete por mensagem. A atualização no Android, versão 2.2.3 ou superior, já está disponível no Google Play e no IOS, versão 7 ou superior, estará disponível em breve.

--------------------
Fonte: Bia Magalhães / Blog da Saúde com informações da Agência Saúde
Esse post faz parte de #destaques e possui as seguintes tags: Vacinação,  Sarampo,  Poliomielite,  #zegotinha,  Programa Nacional de Imunização (PNI),  #destaques,  Vem Pra Turma da Vacina.

BLOG 14-F FISIOTERAPIA UM BLOG AMIGO DA SAÚDE


Nenhum comentário:

Postar um comentário